Atualidades

‘Isso é o 3030’

Banda de rap lança coleção de camisetas com a Reserva e fala do próximo disco, produzido na quarentena

Por 2min
12 de junho de 2020

Novidade boa na área: tem parceria nova no site da Reserva, com camisetas co-criadas com a galera do 3030, grupo de rap que ocupa a cena desde 2008 com brilhantismo. Depois de sete discos, eles aproveitaram o período de confinamento para preparar o próximo álbum. Neste Dia dos Namorados, o grupo fará uma live às 21h – os looks de cada integrante do grupo estarão disponíveis via QR code na tela. Conversamos com eles sobre tudo o que está rolando. Confere:

De onde vem o nome 3030?

[Rod] O nome 3030 tem uma história engraçada. Ele veio do telefone da pizzaria que a gente chamava quando morava em Arraial d’Ajuda – na verdade o LK e o Bruno moravam lá, e eu sempre passava as férias, porque meu pai morava lá. Então quando a gente tava começando o grupo, fazendo rap, improviso, gravando, a gente pedia essa pizzaria. Então decidimos colocar porque era uma coisa da nossa área.

Contem um pouco da história da banda, por favor.

[Rod] A banda nasceu a partir da nossa vontade conjunta de fazer música, nossa paixão mútua pela música. Nós três temos uma história parecida: somos cariocas criados em Arraial d’Ajuda, fomos criados entre o Rio e a Bahia. Então a gente se conhecia de vista, e a partir de 2008 a gente virou parceiro, se aproximou mais, por causa dessa paixão pela música. Quando a gente viu, já tava com o 3030, correndo atrás desse nosso sonho.

 

camisetas 3030

 

Como estão levando a quarentena? O que andam fazendo de diferente nesse período?

[Rod] A gente tá levando a quarentena da melhor forma possível: ser otimista, pensar que temos que ficar em casa para isso passar o mais rápido possível, tentando criar hábitos saudáveis de alimentação, de exercícios. E a gente fez bastante música, foi o que a gente mais fez nessa quarentena. A gente tava morando junto, com um estúdio junto, então conseguimos focar nesse disco novo que estamos preparando, fazer com bastante carinho, trocar bastante ideia sobre onde a gente queria chegar com esse trabalho.

Vimos na mídia que o LK foi infectado pelo coronavírus. Conte por favor como foi esse período.

[LK] Pegar Covid foi uma experiência bem única, porque não se parece com nenhuma outra doença que eu já tenha tido. Acho que foi um período bem intenso, de 20 dias, até eu me recuperar, totalmente isolado. Fiquei mais isolado ainda, no quarto. Os sintomas mais graves, como falta de ar, não me afetaram, foi apenas perda de paladar e de olfato e muita dor de cabeça e um pouco no corpo. Bateu leve em mim. Então tá tudo bem, graças a Deus.

O que vocês podem falar sobre a parceria das camisetas com a Reserva?

[LK] Animadão com a parceria com a Reserva, felizes por essa colabe, vamos criar uma coleção que envolve os dois universos, do 3030 e da Reserva.