Atualidades

Peanuts, 70 anos

Tirinhas Peanuts, de Schulz, homenageados por coleção da RSV+, chegam a sete décadas sem envelhecer

Por 2min
2 de outubro de 2020

 

Neste 2 de outubro a turma de Peanuts, criação imortal de Charles Schulz, completa 70 anos – sem envelhecer, diga-se. Foi nesta data que nove jornais americanos passaram a publicar Charlie Brown, o cão Snoopy e seus amigos.

Passados 20 anos da morte de seu criador – as tirinhas pararam de ser produzidas um mês antes –, Peanuts permanece o sucesso global que sempre foi. No auge, a tirinha era distribuída para 2.600 jornais em todo o mundo, com estimados 355 milhões de leitores diários em 75 países e 40 línguas.

Merecidamente, o cartoon ganhou uma homenagem da Reserva, com uma coleção exclusiva desenvolvida pela Reserva +.

Peanuts foi um dos primeiros quadrinhos a introduzir temas psicológicos em seu enredo, através da personagem Lucy, que tinha um quiosque de atendimento. Como muitas coisas retratadas nas tirinhas, esta fazia referência à vida pessoal de Schulz, que fazia terapia para se tratar de transtornos psiquiátricos, como ansiedade, depressão e ataques de pânico.

Não é a única referência que o desenhista fez à própria história. Biógrafos consideram que Charlie Brown repetia diversas características do criador, como a timidez atroz. Na vida real, Schulz teve um cão chamado Spike – tão incomum quanto Snoopy, segundo se diz. O amigo de Charlie Brown foi criado como um personagem silencioso, que só ganhou voz própria – na verdade, seus pensamentos é que apareciam para os leitores – dois anos depois de sua criação.

E não foram poucos os pensamentos de Snoopy. Ao longo de quase 50 anos, Schulz produziu 17.897 tiras, que também serviram de inspiração para o desenho animado e longa-metragens, além de especiais e séries para a TV. No fim da vida, o cartunista pediu a família que os desenhos não continuassem a ser produzidos por outro autor. As tiras que ainda hoje fazem sucesso, mundo afora – agora coloridas – são republicações das originais.

A coleção RSV + Peanuts é inspirada na vibe ‘paz e amor’ da dupla Snoopy e Wood (o passarinho), que aparecem em estampas, patches e etiquetas especiais. O mix tem camisa de viscose e bermuda de sarja, ambas com estampa floral exclusiva da colabe. Tem ainda camisetas de malha com silks dos personagens e boné de veludo cotelê. Um moletom bicolor com patch atoalhado gigante do Wood completa o drop. Confira aqui todas as peças disponíveis.

Curtiu? Veja outras colabes:

Mamonas Assassinas, 30 anos

Pode entrar que a Selvvva é sua

A alfaiataria esportiva da Umbro