Causas

Mini + Troc, uma parceria sustentável

Marca infantil e plataforma de roupas de segunda mão fazem projeto para ampliar vida útil das peças infantis

Por 2min
28 de julho de 2020

A Reserva Mini e a Troc – plataforma de compra e venda de roupas e acessórios premium de segunda mão – anunciaram ontem, em live no canal da Forbes Brasil, uma parceria para que as vendas na plataforma gerem crédito em compras na Mini. O projeto tem como objetivo viabilizar a economia circular das peças da marca, ampliando sua vida útil, realizando um ciclo sustentável de consumo consciente.

– A gente escutava – e aqui em casa aconteceu o mesmo – que as crianças perdem as roupas muito rápido. Vendo esta dor, fazia sentido desenvolver uma solução de marketplace para resolver essa questão. Nesse caminho, cruzamos com a Troc, e deu um supermatch – disse Rony Meisler, CEO da Reserva.

Toda a logística reversa ficará a cargo da Troc.

– As pessoas que têm roupas da Mini entram no próprio site da marca, solicitam a coleta e, assim que as peças são processadas, começam a receber cashbacks ou créditos para novas compras – explicou Luanna Toniolo, CEO da Troc. Concluído o processo, as peças ficam com a Troc, que as comercializa.

Luanna ressaltou a importância de divulgar o hábito de comprar roupas usadas, em busca da sustentabilidade, e contou que  92% dos compradores da Troc nunca haviam comprado second hand antes de conhecerem a plataforma.

– São pequenas atitudes que vão me tornar mais sustentável, e de quebra vou ter peças de qualidade. Não adiantaria se fossem peças sem qualidade, com cheiro de naftalina. Este é o formato da Troc – disse.

Para Rony Meisler, a “competição” com peças usadas não afeta o varejo tradicional. O fundador da Reserva vê o formato como complementar.

– Estou convencido de que não existe não moderno ou inovador do que um item que possa complementar o seu look com algo que foi completamente ressignificado. Esse é um mindset novo, inteligentíssimo e com certeza absoluta vai regrar as próximas gerações – disse.

De fato, uma pesquisa da ThedUp aponta que 80% dos consumidores da geração Millenial e Z não estigmatizam a compra em brechós online. Rony Meisler disse ainda que todas as marcas do grupo Reserva vão aderir ao formato, e convocou todo o mercado a fazer o mesmo.

Para participar dessa associação inovadora, basta enviar o mínimo de 15 peças – sendo três delas obrigatoriamente da Mini. A solicitação é feita através do site da marca. Em São Paulo e Curitiba, a retirada pode ser feita em casa; nas demais cidades, o envio é gratuito. Veja aqui todos os detalhes da parceria.