consultoria de estilo

Corporativo, sim; sisudo, jamais

Look para o escritório não precisa ser sinônimo de caretice. Alberto Solon mostra e explica como funciona

Por 2min
26 de Maio de 2020

Já falamos disso aqui: os novos tempos permitem até mesmo a reunião de trabalho usando cuecas. Mas a gente sabe que, felizmente, isso não vai durar pra sempre.

Porém, por mais que Mark Zuckerberg trabalhe de moletom – e, como ele, não faltam exemplos de homens de sucesso despojados do ponto de vista da moda –, a verdade é que o mundo corporativo muitas vezes pede um dress code mais rígido. O que não significa, necessariamente, sisudez.

Como mostra Alberto Solon no look de hoje – dica de presente de Dia dos Namorados da Reserva.

 

Um bom corte é o que faz a roupa vestir bem no corpo – e é isso que faz o homem se sentir mais bonito

– No dia a dia de empresa, o homem costuma vestir roupas sociais, como camisa de botão, calça de alfaiataria e um calçado mais arrumado – descreve Alberto Solon, especialista em moda masculina e amigo da Reserva. Como se vê no look que Solon escolheu aqui (ao pousar o mouse sobre ele, as peças aparecem em destaque), uma calça de sarja slim também dá conta da tarefa.

Para ele, o grande segredo está na modelagem:

– Um bom corte é o que faz a roupa vestir bem no corpo – e é isso que faz o homem se sentir mais bonito – diz. E, a gente acrescenta: o bom corte ajuda também a tirar a sisudez da roupa. Por outro lado, uma roupa excessivamente folgada transmite uma imagem de desleixo, o que diminui a confiança, item essencial no mundo corporativo.

E se a sua empresa te obriga a vestir a camisa – literalmente, e não uma t-shirt –, faça a opção por tecidos como o algodão, que proporcionam mais respiro. É o caso por exemplo das camisas Oxford da Reserva, das quais falamos aqui. Não custa repetir o que o estilista Igor de Barros sugeriu, de acompanhamento: “Jeans e tênis para os mais jovens, ligado nas tendências, e para os clássicos cai superbem calças de alfaiataria”. Assim como Alberto Solon no look que ilustra esta consultoria de estilo, um sapato elegante também vai bem. Sapato, aliás, que combina na cor com o cinto.

– Dá para usar a camisa pra fora também, fica um visual um pouquinho mais casual. Dá pra sair do trabalho e ir direto pro happy hour – analisa Solon.