consultoria de estilo

New Balance: conforto é essência

Marca nasceu como palmilha anatômica, e não perdeu o foco no conforto, que aliou à performance e estilo

Por 2min
23 de junho de 2020 Atualizado em 10/08/2020 às 11:19

Em 1906, William J. Riley, um imigrante irlandês residente em Boston (EUA), observou que os pés das galinhas, com seus três apoios, forneciam um excelente equilíbrio aos animais. Veio daí a inspiração para criar suas palmilhas, baseadas nos mesmos três pontos de sustentação. Nascia assim a New Balance Arch Company, hoje uma das maiores marcas calçadistas do mundo, com faturamento superior a US$ 2,7 bilhões anuais e mais de 4 mil funcionários ao redor do mundo.

 

Em 1927, Riley contratou um funcionário – que viria a se tornar seu sócio – chamado Arthur Hall. Veio dele a sugestão de vender calçados para trabalhadores que passavam muitas horas de seu dia em pé.

Ao evoluir para o campo dos sneakers em escala comercial, nos anos 60, a New Balance não perdeu a essência inicial: proporcionar conforto absoluto, através do design e da tecnologia. Desde o início da produção de tênis, associou seu nome também à excelência na performance – foi a primeira marca a utilizar um solado ondulado, para conferir mais tração.

Assim como aconteceu com a Vans – que teve seu crescimento intimamente ligado ao surgimento do skate –, a New Balance estava no lugar certo quando, a partir dos anos 1970, correr e caminhar em busca de saúde passou a ser um hábito sobretudo na região de Boston. Coincidência?

 

 

Apenas em 1976 nasceu o primeiro tênis com a icônica marca “N” na lateral, com o modelo 320. Na ocasião, o produto foi considerado pela prestigiada revista Runners’ World Magazine como o melhor para corridas. Era o empurrão que faltava para ganhar o mundo.

New Balance e Reserva colaboram mutuamente desde 2014, e já lançaram muita coisa boa juntas. Desde as edições históricas do clássico 574 – algumas esgotadas em 24 horas – até os recentes modelos 997 reinterpretados pela marca carioca.

– Foi muito especial. Na coleção Rio, pela primeira vez desenvolvemos, além de calçados, uma coleção de roupas com a gigante americana. A inspiração foram os horários clássicos que os cariocas fazem esporte, ao amanhecer e ao pôr do sol, cada um com sua paleta de cor – diz Adriana Omena, diretora da Reserva +, núcleo responsável pelas colabes desenvolvidas pela Reserva.

Cinco anos depois do desenvolvimento do 574 (criado em 1988) – envelopado pela estampa Noronha, uma das mais celebradas da Reserva – foi a vez de fazer as versões S e H do modelo 997 (o 991, modelo quase contemporâneo, foi celebrizado por Steve Jobs em suas aparições em lançamentos da Apple). A coleção foi batizada de “Spring Forever” por motivos autoexplicativos.

Confira aqui as colabes entre Reserva e New Balance.

Veja aqui os produtos New Balance disponíveis no nosso site.

 

new balance

 

Curtiu? Então veja também:

A alfaiataria esportiva da Umbro

A revolução Vans