Empreender

Qual sua meta para o ano novo?

Colocar no papel suas aspirações é uma maneira eficaz de encontrar motivação para a execução das tarefas

Por 2min
5 de janeiro de 2021

Ano novo, metas novas. Acredite: colocá-las no papel vai te ajudar a chegar lá. 

– Todo início de ano eu costumo fazer um planejamento da minha vida pessoal e profissional. Um bom planejamento permite que, passo a passo, ano a ano, possamos realizar todos os nossos objetivos e sonhos – diz nosso CEO, Rony Meisler.

Bora então reservar um tempinho? Estabelecer metas – e isso vale para empresas, pessoas e até para governos – é uma maneira muito eficaz de encontrar motivação para executar tarefas. Nosso cérebro naturalmente se condiciona para realizar o que programamos.

E, sim, existe um método considerado eficaz para estabelecer metas – é a chamada Teoria da Fixação de Objetivos, proposta por Edwin Locke e Gary Latham há 40 anos, mas ainda muito atual. Os dois psicólogos defendem que deve-se estabelecer diferentes níveis de motivação, identificando cada objetivo com uma espécie de selo. Isso seria capaz de manter a motivação elevada, eles sugerem. Porém, evite criar objetivos impossíveis, pois elas podem desestimular e estressar.

A classificação das metas se reúnem em torno de uma palavra – SMART, em inglês. Os objetivos seriam os seguintes:

– Specifics (Específicos)

– Measurable (Mensuráveis)

– Agreed (Alcançáveis)

– Realistic (Realistas)

– Timed (Com prazos)

Num modelo simplificado, divida suas metas apenas entre “específicas” e “difíceis”. As específicas são as que vão direto ao ponto. Por exemplo, em vez de listar o desejo de “beber menos”, coloque algo do tipo “beber apenas 5 cervejas por semana”; Os objetivos difíceis ficam na margem de 90% de proximidade, o que fará te trabalhar com mais foco.

Para saber mais sobre as teorias das metas, confira o site de Locke, com vasta bibliografia disponível. Mas cuidado para não se perder no meio de tanta teoria e ver o ano passar antes de estabelecer as suas metas – começando em 3, 2, 1!