Limonada

Juntos somos mais fortes

União comercial entre Arezzo e Reserva mostra que é possível tirar a burocracia de campo para fazer acontecer

Por Rony Meisler
6 de Maio de 2020 Atualizado em 07/05/2020 às 12:39

Arezzo&Co e Grupo Reserva se unem comercialmente.

No mundo pré-Covid-19, isso só seria possível através de um M&A [Mergers and Aquisitions] ou de um rigoroso contrato descritivo de direitos e deveres entre marcas. Seriam meses de trabalho com forte tendência a não acontecer. A burocracia matava a inovação.

Agora as coisas são mais simples:

Os líderes das cias, eu e o Alexandre Birman, se falam por zap na quarta-feira e combinam de usar suas bases de clientes, 100% sinérgicas, para parcerias comerciais e solidárias:

No Dia das Mães nós venderíamos Schutz, e no Dia dos Pais eles venderiam Reserva. Além disso, a Schutz se comprometeria com a causa da Reserva 1P5P, de a cada peça vendida complementar 5 refeições pra quem tem fome no país.

Nossos times trabalham final de semana e fazem a campanha que, na segunda-feira, três dias úteis após o zap, é lançada em live no Insta.

O novo normal nas empresas é inovador porque é leve, tem confiança e boa fé mútua e é completamente desburocratizado porque a rapidez da realização vale muito mais do que a preocupação dos detalhes contratados.

Podem escrever aí: foi dada ontem a largada das parcerias comerciais inteligentes entre marcas brasileiras.

No mais, óbvio, se vc entrar no site da schutz.com.br e usar o cupom reserva você terá 20% de desconto + frete grátis.

 

 

coração de mãe