Listas

2 fatos e 5 mitos sobre a ressaca

Neste Dia da Ressaca, descubra o que é verdade e o que é mentira ao combater o mal-estar causado pelo álcool

Por 2min
28 de fevereiro de 2021

Neste 28 de fevereiro se comemora (?) o Dia da Ressaca. Aproveitamos a data pra falar sobre mitos e fatos sobre esse castigo a quem bebeu demais – aquela clássica dor de cabeça, sensibilidade à luz e enjôo, entre outros sintomas, que aparecem devido à desidratação provocada pelo álcool.

pica-pau cerveja1 – Um copo de cerveja na manhã seguinte cura a ressaca

MITO. Na verdade, só tem poder para piorá-la (uma vez que gerará mais perda de líquido), embora uma certa sensação de alívio possa surgir momentaneamente, porque a cerveja contém magnésio, um dos minerais que haviam sido eliminados com a ingestão do álcool na noite anterior.

2 – Se eu não misturar bebidas, não terei ressaca

MITO. Se você exagerar na dose, ela virá de qualquer jeito, mesmo que só se beba um tipo de bebida. Mas se você misturar, sem dúvida pode piorar sua ressaca, pelo simples fato de que acaba perdendo o controle sobre a quantidade de álcool que consumiu. Importante lembrar também que bebidas fermentadas não são menos causadoras de ressacas do que bebidas destiladas.

3 – Um café forte melhora a ressaca

FATO. Como estimulante que é, a cafeína atenua a sonolência e as dores de cabeça causadas pelo excesso de álcool, sim. Mas não exagere também no consumo de café. E mais essencial do que beber café é beber muita água, porque afinal você a eliminou com o consumo do álcool.

 

4 – Uma ducha fria ajuda a curar a ressaca

MITO.

Nem se você bebesse toda a água do chuveiro para compensar a desidratação. Apenas com o tempo o álcool vai saindo do organismo.

pica-pau vinho

 

 

5 – Se eu comer muito depois de beber, não terei ressaca

MITO. Na verdade, o ideal é que você coma bem antes de beber, ou durante o período em que estiver bebendo. O clássico “forrar o estômago”. Depois, o melhor é que a alimentação seja leve e privilegie a hidratação do corpo. Frutas (a banana repõe o potássio perdido), legumes e verduras (o brócolis, que possui cisteína, ajuda a acelerar a recuperação) são as melhores opções.

6 – Comprimidos efervescentes evitam ressaca?

FATO. Ou quase isso. Eles possuem antiácidos, antiinflamatórios e analgésicos, o que alivia sobretudo as dores de cabeça. Mas outros sintomas não são eliminados.

7 – Induzir o vômito ‘zera’ o porre e a ressaca

MITO. Se você sacou que a bebida já fez efeito, “chamar o Raul” não vai acabar com seu problema, porque o álcool já terá caído em sua corrente sanguínea.

Lembrando sempre: se beber, não dirija.