Listas

7 boas novas sobre o coronavírus

Checamos alguns fatos que circulam pelo Whatsapp - e, sim, há algumas novidades animadoras

Por 2min
20 de março de 2020

Em tempos de pandemia de coronavírus, o medo é outro inimigo. E o whatsapp, célebre difusor de fake news, às vezes piora a situação, lançando mentiras que geram ainda mais pânico na população.

Uma mensagem que tem circulado por aí, tão viral quanto o próprio Covid-19, felizmente é para falar de notícias boas. Como good news também podem ser fake, reproduzimos alguns dos tópicos lá citados com links com as devidas fontes documentadas. Aproveitamos para incluir outras boas notícias comprovadas.

Então reserva 2 minutos para algumas notícias realmente animadoras:

1 – Wuhan, epicentro da pandemia global, começou a retomar sua rotina normal no dia 10 de março, quando foi fechado o último dos 16 hospitais construídos às pressas para atender à população local. 

2 – No dia 18 de março, pela primeira vez a China anunciou ter zerado a transmissão local do Covid-19 (embora tenha importado 34 novos casos). Levando-se em consideração que o primeiro alerta da epidemia foi feito no dia 30 de dezembro, o intervalo entre os dois acontecimentos foi de 79 dias. É importante considerar, porém, que a China tomou medidas drásticas em um tempo relativamente curto, diferentemente da maior parte dos países.

3 – Por lá, a Apple já reabriu todas as suas 42 lojas. Ficaram fechadas por 41 dias por conta do coronavírus.

4 – Pipocam aqui e ali, mundo afora, novidades sobre tratamentos que estariam a caminho. As notícias vêm de Israel, da Holanda, do Canadá, da Bélgica e até do Brasil. Autoridades médicas da China também disseram que o Japão já tem uma droga que atua efetivamente em pacientes com Covid-19. Segundo a BBC, existem mais de 80 ensaios clínicos com antivirais em andamento em todo o mundo (para tratamento) e há também protótipos de vacinas em andamento (para prevenção). 

5 – Já se sabe que o coronavírus em circulação é especialmente brutal com pacientes idosos. Mas dá uma alegria danada ver casos como o do chinês de 100 anos e da chinesa de 103 (!) que sobreviveram ao contágio.

6 – Um dos gargalos no tratamento é a demora na confirmação de casos. Mas nesta quarta (dia 18) a Anvisa liberou a produção de oito kits de testes rápidos que dão o resultado em até 10 horas. A previsão é de que sejam entregues em até três semanas.

7 – Na quinta-feira o presidente americano, Donald Trump, afirmou que a hidroxicloroquina, utilizada no tratamento da malária, é eficaz no combate ao Covid-19. Ele se baseia em um teste realizado na França, em que a droga foi eficaz em 70% dos casos. 

Seguiremos atualizando as boas novas ao longo da programação, mas por ora nosso mantra é: fiquem em casa!  Pra ajudar, aqui damos dicas para quem se viu obrigado a fazer home office.