Listas

O futuro (próximo) será sem carro

No Dia Mundial sem Carro, 6 indícios de que, mais cedo do que se imagina, vamos circular em veículos menos poluentes

Por 2min
21 de setembro de 2020

Nesta terça-feira (22) é comemorado o Dia Mundial Sem Carro.

A data foi criada em 1997, na França, com o objetivo de fazer as pessoas repensarem sua relação com os automóveis, questionando a dependência que têm deles. E, se possível, optem por outros meios de transporte neste dia. Listamos abaixo alguns sinais de que o mundo de fato começa a repensar o modelo de total poder aos carros, mais poluentes que outros meios de transporte. Sim, é possível ser feliz sem carro.

1 – Paris vai se tornar a primeira grande cidade sem carros em 2024, mesmo ano em que receberá os Jogos Olímpicos. Na verdade, a capital francesa vai eliminar os carros particulares movidos a combustíveis fósseis. Para isso, vai excluir 150 mil vagas de automóveis, criando novas ciclovias, além de 68 novas estações de metrô – afinal, o meio de transporte sobre trilhos será ainda mais sobrecarregado.

2 – Até 2025, a Lilium (fabricante alemã) coloca nas ruas – ou melhor, sobre as ruas – seu projeto de carro voador. O transporte terá capacidade para transportar até cinco passageiros e atinge a velocidade de 100Km/h. Mais de cem testes já foram feitos. Importante: ele é totalmente elétrico.

3 – Por falar nisso, já é quase realidade em San Francisco o Uber Air, de táxi aéreo. Um protótipo está exposto para visitação. Nele cabem o piloto e mais quatro passageiros. A primeira cidade fora dos Estados Unidos a receber o serviço será Melbourne, na Austrália. A previsão de lançamento é até 2023. O projeto é uma parceira do Uber com a Nasa.

4 – A Airbus também está atenta ao nicho, desenvolvendo seu Pop.Up – um híbrido de carro com helicóptero, e poderá circular por terra e ar, movido a eletricidade. Previsão de lançamento entre 2024 e 2027. Listamos aqui apenas três dos mais promissores projetos, mas a verdade é que existem atualmente cerca de 140 em desenvolvimento por todo o mundo, inclusive no Brasil.

5 – Se é para ir de carro, que seja elétrico. No fim do ano passado, a Volkswagen anunciou seu primeiro veículo híbrido (movido a combustível fóssil e a eletricidade). Ele é carregável em tomadas comuns de 220V. A montadora alemã está trabalhando também no seu modelo Sedric – Self Driving Car –, veículo elétrico autônomo que estará nas ruas até 2030.

6 – Mas, cá entre nós, bom mesmo é ir de bike. Além de zero poluente, o cidadão aproveita para fazer exercícios. Uma hora de pedal significa cerca de 500 calorias queimadas e a produção de uma ótima carga de endorfina, o hormônio que causa a sensação de bem-estar.

Neste Dia Mundial Sem Carro, você garante suas peças Reserva com frete grátis na opção de entrega de bike.  A promoção é válida apenas na terça-feira, 22/9, para pedidos na Zona Sul de São Paulo e, no Rio, nas zonas Sul, Centro, Tijuca, Barra e Niterói.

Curtiu? Veja também:

Que mundo será esse?

O mundo pós-pandêmico