Listas

Prepara a pipoca

8 séries e filmes para os feriados da semana, sugeridos por Lucas Malvacini e Christian Monassa

Por 2min
21 de abril de 2020

prepara a pipoca

 

Esta semana temos dois feriados – Tiradentes e São Jorge (este, em alguns lugares). Haja streaming. Nada melhor que recorrer às dicas dos amigos para achar as melhores opções de filmes e séries para maratonar. Pedimos ajuda a dois deles, o modelo Lucas Malvacini e o ator Christian Monassa. Já pode ir preparando a pipoca. Vamos a elas:

Lucas Malvacini indica:

1 – Série pra matar num feriadão: “Anne with an E”

Com cenários inspiradores, fotografia linda e um texto profundo, essa série é cativante e muito necessária. Aborda temas relevantes na sociedade contemporânea, ainda que se passe no início do século 20: machismo, homofobia e liberdade de expressão são expostos a partir dos conflitos vividos por Anne e toda comuna de Green Gables. Anne é uma série inspiradora e emocionante!

2 – Filme pra aplaudir de pé: “What the health”

Documentário urgente para os tempos atuais, principalmente nesse  momento tão especial e singular que estamos atravessando no mundo. O documentário aborda de maneira clara e objetiva como nossos hábitos alimentares têm um impacto direto no meio ambiente, nas doenças e também na nossa saúde. Você não pode deixar de assistir a esse filme se deseja ajudar a transformar nossa sociedade e principalmente nossa maneira de consumo e alimentação. Vale cada minuto!

3 – Com crianças: Clássicos da Disney

“Aladdin”, “Rei Leão”, “A Bela e a Fera”, entre outros clássicos consagrados da Disney, que além de serem atemporais, são para todos os tipos de crianças. Inclusive as grandes! Rs. Sugestão para toda a família assistir junto, se divertir e deixar a fantasia tomar conta de nossa imaginação. Um suspiro essencial para recuperarmos o fôlego.

Christian Monassa indica:

 Séries para maratonar, disponíveis na Netflix: 

1 – “Toy Boy”

Dos mesmos produtores de “La Casa de Papel”, a série gira em torno da história de Hugo Beltrán (Jesús Mosquera), um stripper jovem, bonito e despreocupado.

Certa manhã, ele acorda em um veleiro, depois de uma noite de festas e excessos, ao lado do cadáver queimado de um homem. Ele lutava por um reconhecimento além do sexual dentro de seu relacionamento com Macarena Medina (Cristina Castaño), uma mulher madura e poderosa de quem era amante.

Hugo não se lembra de nada que aconteceu na noite do crime, mas tem certeza de que não é o assassino, mas a vítima de um esquema para acusá-lo. Após um rápido julgamento, ele é condenado a quinze anos de prisão logo nos primeiros momentos de série, que se desenrola em 13 capítulos de tirar o fôlego, com inúmeras reviravoltas no roteiro brilhante e com personagens muito bem construídos.

Essa é definitivamente (como toda boa série de investigação policial) uma das opções para se maratonar durante essa quarentena, com um misto de sedução e um enredo e direção fantásticos.

2 – Tiger King

Uma das séries mas vistas de sempre na Netflix, lançada em 2020, “Tiger King” é um exemplo claro de documentário que causa em nós parte da reflexão que o confinamento da quarentena nos trouxe: o quanto nosso “enjaulamento” é diretamente benéfico para o meio ambiente.

A trama baseada em fatos reais (se fossem ficcionais seria chamado de “inverossímil”) mostra os bastidores de uma grande guerra de egos, interesses e muita hipocrisia de um dono de um zoológico e a defensora de felinos. Vale a pena o mergulho!

Filmes disponíveis na Netflix:

3 – O Milagre da Cela 7

Alerta: assista se estiver preparado para se emocionar. Perfeito para assistir em família (sem filhos muito novos), o filme conta a história de uma família do interior da Turquia constituída por um pai, com alguma deficiência cerebral, uma filha muito jovem e sua Avó; que vivem em busca de resolver uma grande injustiça durante um período de grande influência militar.

Além de uma trilha sonora excepcional e linda fotografia, o filme gera uma grande reflexão a respeito da influência do bem e da pureza do homem, em meio a tanto caos e maldade do cotidiano.

4 – Dieta de Gladiadores

Produzido por James Cameron, diretor de sucessos como “Avatar”, “Externinador do Futuro” e “Titanic”, o documentário embasa não só cientificamente quanto no dia a dia as transformações vividas por atletas de alta performance depois de optarem por uma dieta plant based.

Uma excelente recomendação para quem tem interesse ou empatia pelo vegetarianismo e veganismo agora mostrado em um lado totalmente positivo e nem um pouco apelativo.

Se você ainda não viu, ainda disponível na Netflix: 

5 – A Teoria de Tudo

Conta de uma maneira muito sensível a história de Stephen Hawking, brilhantemente interpretado por Eddie Redmayne (rendeu pro jovem ator um Oscar, Globo de Ouro e Bafta).

Aos 21 anos de idade, Hawking descobriu que sofria de uma doença motora degenerativa, mas ainda assim se tornou um dos mais respeitados cientistas do mundo.

O filme é perfeito para aqueles que buscam força de vontade e explorar ao máximo seus potenciais, mesmo com situações adversas que em teoria poderiam desviar o caminho.

Sem falar na linda história de amor vivida por ele e sua colega de faculdade Jane Wilde, que transcende o físico.